Reta final ENEM: Dúvidas sobre o Exame esclarecidas

Com informações do site de educação do UOL - link - listamos abaixo algumas dúvidas sobre o ENEM que foram esclarecidas por entrevistados do Portal. Boa leitura!

Na véspera, o ideal é largar os livros? Para Alberto Francisco do Nascimento, coordenador do Anglo, os estudantes devem deixar de lado todos os materiais didáticos no dia anterior à prova para descansar e aproveitar para visitar o local do exame se possível.

Comer chocolate antes e durante a prova melhora o desempenho? Para Silvia Justina Papini, professora de nutrição da Unesp (Universidade Estadual de São Paulo), o alimento vai surgir como fonte de manutenção de energia, mas não é determinante na performance do candidato. "Na verdade, isso não vai substituir que o aluno faça uma refeição bem feita antes de ir para a prova. O chocolate vai ajudar a deixar só um pouco mais acordado".

Devo levar em consideração o fuso horário da minha cidade? Se a sua cidade cidade possui horário de verão e está no mesmo horário que Brasília, vale chegar no local de prova até as 13h. Já em todos os estados do Nordeste, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins, Pará e Amapá o fechamento dos portões deve acontecer às 12h, no horário local. No Acre, Amazonas, Roraima e Rondônia, às 11h.

Documento autenticado não será aceito para identificação? Só documentos originais com foto serão aceitos para realizar a prova (RG, carteira de trabalho, certificado de reservista, passaporte, carteira de habilitação ou carteira de conselho de classe). O estudante que eventualmente tiver sido roubado, deverá apresentar o boletim de ocorrência emitido em um período máximo de 90 dias antes do Enem.

Tem minuto de tolerância para entrar no local de prova? Os portões serão fechados pontualmente às 13 horas, no horário oficial de Brasília. "O aconselhável é o aluno chegar por volta das 12h e 12h30 para subir com tranquilidade para a sala de prova", recomenda Alberto Francisco do Nascimento, coordenador do Anglo

Posso levar alimentos para a prova? "Pode, mas é preciso ter bom senso. Não pode levar uma melancia e ficar cortando os pedaços na sala. O ideal é levar uma barra de cereal, um sanduíche, chocolate, água e refrigerante", diz Alberto Francisco do Nascimento, coordenador do Anglo.

Não posso ficar com o celular no bolso no dia da prova? "O celular deve ser desligado e colocado no 'porta-objetos' com lacre e ficará embaixo da cadeira até o final da prova", diz a coordenadora do curso e colégio Objetivo, Vera Lúcia da Costa Antunes.

É melhor não responder a questão do que chutar? "Deixar a questão em branco é bobagem, mas na hora de chutar o aluno tem de usar o bom senso. Se chutar qualquer uma, a chance é 20%. Até na hora de escolher entre uma alternativa tem de raciocinar", diz Alberto Francisco do Nascimento, coordenador do Anglo.

Posso fazer a redação a lápis? A entrada de lápis e borracha sequer é permitida na sala de provas. Portanto, os estudantes devem redigir o texto utilizando a caneta preta, já que outra cor impossibilita a leitura ótica do cartão-resposta.

Redação sem título ganha nota zero? A professora Vera Lúcia, do Objetivo, lembra que o título é um elemento opcional na produção de sua redação. Os estudantes que não o colocarem não perderão pontos.

Posso preencher o gabarito com um x? "No cartão-resposta deve-se usar caneta esferográfica e preencher todo o espaço. A célula deve estar completamente preenchida. As questões têm apenas uma resposta, não pode haver emendas ou rasuras", afirma a coordenadora do curso e colégio Objetivo, Vera Lúcia da Costa Antunes.

Posso levar o caderno de questões após a prova? "O candidato poderá levar o caderno de questões somente nos últimos 30 minutos antes do término das provas, sob pena de eliminação", diz Vera Lúcia, do Objetivo.

Se eu perco primeiro dia, não posso fazer o segundo? "O candidato ainda sim pode realizar a prova do segundo dia. Contudo, terá sua nota bem prejudicado caso participe de processos como o Sisu [Sistema de Seleção Unificada]. Vai valer como um teste", diz Alberto Nascimento, coordenador do Anglo.

0 comentários:

Postar um comentário