Os Direitos Humanos e a redação do ENEM

    Como é cediço, a redação do ENEM exige que haja respeito aos Direitos Humanos, respeito este que deve ser posto em prática quando o aluno está elaborando a sua dissertação. Mas, afinal, o que são os Direitos Humanos? Quais Direitos Humanos eu devo respeitar na elaboração da redação? É isso (e mais um pouco) que iremos explicar nesta postagem. Preparados? Então, vamos lá!

      Os Direitos Humanos podem ser conceituados, basicamente, como sendo o conjunto de direitos e garantias fundamentias do homem, garantias e direitos estes que assegurem ao ser humano uma vida digna, saudável, livre e feliz (sim, a felicidade está dentre os Direitos Humanos, mas, com certeza, não será abordado na redação do ENEM).

Direitos Humanos
      A maioria dos estudiosos sobre o assunto (é importante ressaltar que o ramo que trata do estudo dos Direitos Humanos é o Direito Internacional, uma das matérias do curso de Direito), define os Direitos Humanos como sendo sendo os Direitos Fundamentais no âmbito global. Explicando melhor, se você deseja que o seu direito à vida seja preservado e resguardado no Brasil, você está almejando a concretização de um dos seus Direitos Fundamentais. Agora, se você vai ao plano internacional (podemos citar, Tribunal Penal Internacional, ONU, OEA) para que o seu direito à vida seja garantido e que não seja, por conseguinte, lesado, você está em busca de um dos Direitos Humanos.

   Mas, afinal, quais são os Direitos Humanos? Bom, os estudiosos do assunto aceitam uma classificação dos direitos humanos em gerações, inspirado no lema da Revolução Francesa (liberdade, igualdade, fraternidade). É importante ressaltar que a Revolução Francesa foi o estopim para que a busca pelos tão falados Direitos Humanos fosse iniciada.

      Assim, os direitos humanos de primeira geração seriam os direitos de liberdade, compreendendo os direitos civis, políticos e as liberdades clássicas. Os direitos humanos de segunda geração ou direitos de igualdade, constituiriam os direitos econômicos, sociais e culturais. Já como direitos humanos de terceira geração, chamados direitos de fraternidade, estariam o direito ao meio ambiente equilibrado, uma saudável qualidade de vida, progresso, paz, autodeterminação dos povos e outros direitos difusos.

       Mas, o que será cobrado no ENEM? Como experientes no assunto, damos a dica para você se dar bem na redação e não lesar nenhum dos Direitos Humanos. A dica é SEMPRE respeitar o próximo (preconceitos são intoleráveis no âmbito dos Direitos Humanos), seja ele um senhor de idade, uma pessoa com a orientação sexual diferente da sua, uma pessoa com a cor da pele diferente da sua, pessoas com condições econômicas diferentes e etc.

      Outra dica excelente é pensar como se você fosse o "salvador do mundo", tudo que seja generoso, solidário e politicamente correto é de acordo com os Direitos Humanos. E, claro, não tente exagerar, tudo em excesso é prejudicial.

       Esperamos que vocês tenham compreendido o assunto e que não vacilem com os Direitos Humanos na redação do ENEM, é muito importante para o corretor que você tenha uma visão de mundo civilizada e que tenha, principalmente, em mente que os Direitos Humanos são algo já inerentes à nossa sociedade e que devem ser respeitados (ainda que você não concorde com alguns direitos garantidos). Uma boa prova!

---

Texto de exclusividade e autoria da Equipe do ENEM Simples. Somente é permitida a cópia com atribuição dos créditos.

0 comentários:

Postar um comentário