Unifesp abre graduação em Ciências do Mar

O campus Baixada Santista da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) iniciou as atividades do Bacharelado Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia com ênfase em Ciências do Mar (BICT-Mar). O lançamento do novo curso de graduação representa a criação formal do Centro de Ciências do Mar e Meio Ambiente (CCMMA).
O curso oferece 200 vagas, sendo metade no período noturno, preenchidas pelo Sisu (Sistema de Seleção Unificada). São três anos para obter o diploma de Bacharel em Ciência e Tecnologia com ênfase em Ciências do Mar e mais dois anos para aprofundar o estudo em outras modalidades.
Segundo a Unifesp, com a estruturação do CCMMA, o campus na Baixada Santista pretende alcançar a excelência nacional e internacional em ensino, pesquisa e extensão voltados principalmente a assuntos portuários, energéticos, pesqueiros e ambientais, atuando também na formação de pessoal especializado, a partir da criação de novos cursos de graduação e pós-graduação (lato e stricto sensu).
O BICT-Mar integra uma proposta de crescimento estratégico do campus na Baixada Santista e das necessidades da comunidade local, pela carência de profissionais voltados a ciência e tecnologia e aos assuntos relacionados ao mar, em virtude da exploração do pré-sal, da implantação do Parque Tecnológico e do desenvolvimento do Porto de Santos, bem como do Polo Industrial de Cubatão, que sinalizam o progressivo aumento da demanda por profissionais especializados nestas áreas de conhecimento na região.
De natureza interdisciplinar, o BICT-Mar oferece tanto uma formação tecnocientífica como uma formação filosófico-humanística. Com três anos de duração, o curso forma o egresso para atuar nos setores público, privado ou terceiro setor.
A graduação compreende quatro eixos de estudo: o ambiente marinho; a vida marinha; a sociedade e o trabalho no mar; mar ciência e tecnologia. Por outro lado, também possibilita o ingresso em outros cursos de graduação de maior especificidade na própria universidade, com duração de mais dois anos.
Dessa forma, o Centro de Ciências do Mar e Meio Ambiente criará cursos de graduação que complementarão a formação e darão caráter de profissionalização específica aos egressos do BICT-Mar, tais como os cursos de Engenharia de Petróleo e Energias Renováveis ou Engenharia Ambiental Portuária.
Fonte: UOL

0 comentários:

Postar um comentário