Inep corrige número de alunos de colégio de SP e altera nota de escola

O Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais) precisou revisar um erro no número de alunos concluintes do ensino médio do Objetivo Colégio Integrado e alterou a nota da instituição na prova objetiva do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2010. O total saiu de 715,95 para 753,92.

O problema foi detectado pela escola. Em ofício enviado à presidente do Inep, Malvina Tuttman, o Objetivo afirma que o próprio cadastro do governo mostra que havia 43 alunos concluintes, e não 56 –como havia sido divulgado nas planilhas com as notas. Esses alunos “excedentes” poderiam ter notas menores e, assim, puxariam a média pra baixo.

O UOL Educação aguarda um posicionamento do Inep sobre o caso. Outras duas escolas que entraram com recurso tiveram notas alteradas – a Escola Itacorubi, de Florianópolis, e o Colégio Einstein, de Goiânia. Elas apareciam sem menção nas planilhas do órgão.

A alteração nas notas provoca mudanças nos rankings das escolas, especialmente no caso de São Paulo. O Objetivo Integrado passa para o primeiro lugar no Estado e para o terceiro no geral. Segundo o diretor, João Carlos Di Gênio os alunos do Integrado são, em sua maioria, os que disputam olimpíadas escolares pelo mundo e só entram na escola por meio de convite. “Não é para ‘ranquear’ mesmo. Esses alunos, quando vão para a China, Austrália, perdem pelo menos uns 10 dias de aula. Quando eles voltavam, a gente precisava que repor o que eles tinham perdido”, disse.



Fonte: UOL

0 comentários:

Postar um comentário