É hora de diminuir ritmo de estudos para o Enem 2011, dizem professores

A proximidade do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2011 –as provas são neste final de semana– deixa muitos candidatos em dúvida: existe uma hora para parar de estudar? Compensa manter a cara nos livros até o último momento?

Professores ouvidos pelo UOL Educação dizem: se você já está se preparando há algum tempo, a hora agora é desacelerar e, no máximo, revisar os conteúdos que apresentam maior dificuldade. “O aluno que já vem estudando pode dedicar um pouco mais de tempo àquela matéria que ele tem dificuldade. Ninguém sabe tudo, e é melhor valorizar o que ele sabe”, diz Alberto Nascimento, coordenador de vestibular do cursinho Anglo.

Veja sugestões de filmes que podem ajudar no Enem 2011
Veja Álbum de fotos

Na sexta-feira (21), véspera da prova, esqueça os livros e os estudos e faça qualquer outra coisa. “Sexta-feira é o dia de conhecer o local de prova, dia de caminhar no parque, mas com o cuidado de não se machucar”, afirma Nascimento.

No entanto, alerta Edmilson Motta, coordenador-geral do Etapa, não dá para mudar a rotina completamente. “De sábado para domingo, a tendência é querer mudar a rotina: dormir muito cedo ou muito tarde. É para manter. Mas isso não quer dizer que é pra ir para a balada.”

Não estudou nada?

Para quem pouco pegou (ou nem tocou) nos livros, não dá para recuperar todo o tempo perdido, mas uma leitura superficial dos assuntos que podem ser cobrados no exame ajuda. “O Enem tem certos temas prediletos. Isso serve de referência para estudo, no caso do ‘desesperado’ e para aquele que está fazendo revisão”, diz Motta.

“Os temas favoritos ainda são os do Enem antigo. Se está em cima da hora para revisão, ou se não se estudou nada, dê uma olhadinha nos temas mais básicos: química ambiental, física e energia, história contemporânea, geografia do Brasil, variáveis proporcionais e porcentagem.”



Fonte: UOL

0 comentários:

Postar um comentário