ENEM - Como organizar seus estudos

Organizar os estudos para os vestibulares não é uma tarefa fácil. Alguns estudantes tendem a estudar mais os conteúdos que dominam melhor, deixando de lado aqueles em que têm dificuldade. Também tem o aluno que, às vésperas da prova, tenta aprender todos os conteúdos programáticos propostos. Se para concorrer a vagas em alguns cursos mais disputados, como Medicina, é mesmo necessário estudar tudo o que for possível, para a grande maioria das graduações, inclusive nas universidades públicas, não é necessário que o aluno domine amplamente todas as matérias que aprendeu, ou deveria ter aprendido, no ensino médio. O mesmo vale para o Enem, que vem se consolidando como o “vestibular nacional”.
 
Em uma viagem de carro, tem vantagem o motorista que conhece bem a rodovia. Em uma disputa de motocross, tem facilidade quem tem domínio do circuito. Em uma disputa, quem conhece bem o adversário tem melhor performance. Nos vestibulares e no Enem também é assim. Quem conhece bem a prova tem muito mais chance de conseguir um bom resultado.
 
No novo modelo do Enem, usado desde que o exame começou a selecionar alunos para universidades públicas, existem quatro provas disponíveis: duas de 2009, uma que vazou antes de sua realização e não foi aplicada e a que foi de fato aplicada neste mesmo ano; e duas de 2010, a prova que foi aplicada e causou um monte de confusão e a aplicada em instituições prisionais e para pessoas que tiveram problemas de impressão na primeira prova. Além dessas, existe também um simulado de 40 questões, 10 de cada área do conhecimento, que foi divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais ( Inep) em 2009 para demonstrar como seria a prova. Estão disponíveis, portanto, 190 questões de cada uma das quatro provas do Enem. Porém as provas antes de 2009 também são muito importantes, pois o modelo de questões são semelhantes.
 
No total estão disponíveis em média 760 questões, e é fundamental para o aluno encontrar a melhor estratégia de estudo. Comece a resolver essas provas. Neste primeiro momento, resolva-as sem a ajuda de terceiros ou consulta de materiais didáticos. O importante aqui é conhecer melhor o modelo de prova e o modelo de questões.

0 comentários:

Postar um comentário